fbpx

Sonha sempre com o topo! Sempre.


Porque é que escrevo tantas vezes sobre sonhos?

Não tem nada a ver com lirismo nem com divagações fantasiosas.

Se nos perguntarem quais são
os nossos objetivos, todos os nossos condicionamentos e filtros entram em ação. Descartamos objetivos que nos parecem demasiado ousados com um peremptório “Tem juízo! Põe mas é os pés no chão!”.

Se nos falarem em sonhos, a conversa é outra. Tudo é permitido e os nossos filtros nem se intrometem!

Sonhos não têm regras nem limites. Todos sabemos disso. E apontamos para o topo da montanha, não para o sopé.

E é isso que quero que faças: aponta para o topo da montanha.

Pelo caminho vou -te passando informação prática sobre o teu cérebro para conheceres melhor esse equipamento brutal que está a conduzir a tua vida com a melhor das intenções (manter-te vivo e incólume…) mas com pobres resultados porque os sortudos do mundo moderno como tu e eu desejam mais do que sobrevivência. Buscamos realização pessoal e profissional.

Queremos viver os nossos sonhos!

Por isso, termino com uma pergunta: quais são, afinal, os teus sonhos?

Vamos começar a escalada!

Estás pronto? Clica aqui:

? http://bit.ly/MudaoTeuCerebroeVenceosTeusMedos

#neurocoaching

 

 

Partilhar