fbpx

Neurocoaching & Férias: 6 Dicas para Sobreviver ao Stress Pós-Férias!


Tudo o que é bom acaba… E as férias não são exceção!

O lado bom desta impermanência é que o que é menos bom também não dura sempre.

E o mesmo se passará também com essa ansiedade que começa a instalar-se, essa inquietação, essa preocupação que vem de mansinho… Sim, falo do STRESS  PÓS-FÉRIAS!

O fim das férias aproxima-se a passos largos e ainda está a “queimar os seus últimos cartuchos” mas já sente aquele desconforto a instalar-se, mesmo que adore o que faz profissionalmente.

Quando regressa mesmo ao trabalho, a tendência é para piorar e tudo se agudiza!

 

Sabe porquê?

O seu cérebro precisa de até uma semana para se readaptar às rotinas e horários de regresso ao trabalho. Alterações de sono e de humor são mais frequentes do que gostaríamos, como bem sabemos!

O motivo? O “chefe” que regula os relógios biológicos do organismo ( o hipotálamo ) e define todos os seus ritmos internos, como o sono, fome e o estado de relaxamento e de ânimo em geral, precisa de tempo para se reajustar e está ainda uns dias a funcionar em “modo férias” no regresso ao trabalho. O organismo reage negativamente e não regressa com a rapidez que desejamos ao seu ritmo de trabalho: sente-se mais cansado e sem energia.

 

Sugestões para regressar ao trabalho de forma mais pacífica:

 

 #1 –  Distribua melhor as suas férias ao longo do ano: faça pequenas paragens com maior frequência. O seu cérebro precisa dessas paragens para poder restabelecer-se e manter-se de boa saúde!

#2 –  Pense numa coisa (pelo menos uma!) de que gosta e tinha saudades em relação ao seu trabalho. Sim, as happy hours de sexta-feira com os colegas também contam! O seu cérebro vai focar-se nisso e sentirá a tensão desvanecer-se.

 #3 – Se possível, termine os primeiros dias de trabalho de forma mais descontraída (e parecida com as férias!): faça uma caminhada ou conviva com amigos. Em ambos os casos, sentirá o saudoso cheirinho de férias e terá um disparo de neurotransmissores de bem-estar que o ajudarão a sentir-se melhor!

 #4 – Deite-se mais cedo uns dias antes de regressar ao trabalho. A transição será, assim, mais suave e reduzirá o stress associado aos horários de sono trocados (tão típicos das férias)!

#5 – Desconecte-se mais cedo! Evite ecrãs (TV, smartphone ou PC) próximo da hora de dormir. A luz azul emitida por estes aparelhos interfere com os seus ciclos de sono.

#6 – Reduza o café e outros estimulantes, especialmente a partir do final da tarde. Motivos evidentes…

 

** NEUROCOACHING – LISBOA, 29 DE SETEMBRO. + INFO AQUI. ***

P.S.: Cada vez mais apaixonada por neurocoaching!

 

Partilhar