fbpx

TU ÉS FORTE!! ?? Lembra-te sempre disso…


É fácil deixarmo-nos engolir por todos os afazeres e preocupações. Pela sensação de nunca chegar para as encomendas, de andar sempre a apagar fogos, “correndo atrás do prejuízo”.

Como aqueles hamsters que correm desenfreadamente nas rodas da gaiola. Correm até à exaustão, se preciso for, sem nunca terem chegado a sair do mesmo sítio.

A vida moderna agita-nos cenouras constantemente à frente do nariz. É sempre preciso ser mais, fazer mais, dar mais e mais. Nunca é suficiente…

?️ É bom querer sempre fazer mais e melhor, concordamos nisso.

Isto subverte-se quando nos leva a desconsiderar tudo o que já conseguimos, todas as barreiras que já ultrapassamos, todos os medos que já vencemos. Quando diminuimos tudo isso porque podemos fazer ainda mais e melhor.

É aí que nos esquecemos de como somos fortes. De como somos poderosas(os).

Focamo-nos apenas no que ainda não conseguimos, não fizemos, não atingimos.

Diminuimo-nos, sem darmos conta. E vamo-nos sentindo mais frágeis de dia para dia.??

 ALTO! PÁRA TUDO!!

Temos que parar e lembrarmo-nos de tudo o que já concretizamos, de como fomos fortes e decididos em momentos cruciais, de como nos sentimos orgulhosos por aquela conquista em que ninguém (a não ser nós mesmos!) acreditava. 

De como nos sentimos capazes de engolir o mundo quando mantivemos a calma e salvámos o dia quando o “circo pegou fogo”.

Temos que recuperar esse fogo, esse sentimento de poder. ?

É isso que nos vai dar o gás que precisamos para continuar a superar desafios e avançar, implacáveis, na direção dos nossos sonhos.

Já fomos, tantas vezes, capazes de mostrar de que somos feitos.

Já fomos, tantas vezes, autênticos gigantes de coragem, força e generosidade. 


Temos que nos lembrar constantemente que não fomos gigantes. Nós somos esses gigantes. Mas andamos meio…. Adormecidos! ? E esquecidos do nosso poder.


? ? Toca a acordar! Grita, berra se for preciso.

Em momentos em que me senti assoberbada, resultou muito bem comigo.

Ir para um sítio reservado, sozinha, e gritar. Berrar. Dar voz a toda a revolta, a toda a fúria e energia, a todo o poder que esperava para saltar cá para fora. Até ficar rouca, algumas vezes.

E acabar a sentir-me uma autêntica fera, maior que o meu corpo, capaz de conquistar tudo.?

Sabes que isto tem um fundamento científico? Quando gritamos desta forma quase ancestral, o nosso cérebro mais primitivo desencadeia a produção de hormonas que preparam o corpo para a luta pela sobrevivência, criando condições para disponibilizar capacidade física e, potência muscular maximizadas.

Já reparaste antes de combates de luta livre como os atletas berram de forma selvagem? Sim, é para o show-off. Mas é também para potenciar o seu poderio físico.

De que é que isto te serve? Um ensinamento da PNL diz que as componentes física, mental e emocional estão interligadas e podemos utilizar qualquer uma delas para um arranque enérgico ao sistema como um todo.

Esta técnica “selvagem” ajuda-nos a fazer um boost na nossa componente física. Isso fará com que as outras duas (emocional e mental) saiam fortalecidas também, beneficiando dessa “ligação direta”.

➡️ Conclusão?

Usando esta técnica meio louca (mas eficaz, garanto-te!) ou outra qualquer, há um ponto fundamental: ACORDA A FERA QUE HÁ EM TI!

TU ÉS FORTE! ??Lembra-te sempre disso!

Queres voltar a sentir-te no teu máximo, LIVRE DE MEDOS QUE TE BLOQUEIAM? Excelente! Clica aqui:
? http://bit.ly/MudaoTeuCerebroeVenceosTeusMedos

 

Partilhar