fbpx

Reage mal a ambientes de muita pressão? Saiba porquê e descubra soluções!


Tem dificuldade em manter-se calmo em ambientes stressantes, quer seja no trabalho, em situações sociais ou mesmo no âmbito familiar?

Sente que se deixa dominar pelo ambiente pesado e pessoas tóxicas e quando dá conta está cansado, tenso e cabisbaixo?

E depois ainda se irrita por ver que se deixou contagiar… De novo!

Calma… Há uma explicação para isso!

O cérebro está preparado para captar as emoções das pessoas que nos rodeiam.

Em tempos idos, disso dependia a sobrevivência do indivíduo: da capacidade de ler os sentimentos e estados de espírito dos outros elementos do grupo e reagir de forma adequada.

Ainda mais crítico no caso de ameaças à sobrevivência: se alguém desavisado não conseguisse interpretar os sinais de alerta nos companheiros da tribo no sentido de fugir para se salvar, ficaria como jantar (e não para jantar!) do bando de hienas que se aproximava a grande velocidade!

O golpe de misericórdia é dado pelos seus neurónios-espelho, que mimetizam as emoções que capta das pessoas com quem contacta.

A solução mais imediata seria resguardar-se deste tipo de ambiente. No entanto, o desejável nem sempre é possível, como bem sabemos…

Nesse caso, há algumas formas simples de amenizar este efeito:

 

#1 – Drible os seus neurónios-espelho!
Visualize uma situação que o deixe feliz. Essa emoção ocupará os seus neuronios-espelho, impedindo que se foquem nas emoções negativas da pessoa com quem vai estar depois.

#2 – Situação imprevista que não permitiu preparação prévia? Foque-se num aspeto positivo sobre a situação em que se encontra ou sobre a pessoa com quem interage. Terá que haver alguma coisa que lhe agrade, nem que seja o bonito relógio que ostenta! Sim… É outra forma de fintar os seus neurónios-espelho!

#3 – Respire! Em situações de stress a respiração torna-se acelerada. Abrande conscientemente o ritmo da sua respiração.
Sugiro que reveja o Fear Hack #5 – Controle a Respiração, para indicações fáceis e simples.
Conseguirá abrandar a resposta de stress despoletada pelo seu cérebro.

#4 – Faça exercício físico! Caso se tenha deixado contagiar, uma boa forma de remediar a situação consiste em fazer exercício físico. Será, assim, estimulada a produção de endorfina, a hormona do bem-estar!

Experimente estas dicas da próxima vez que sentir que vai estar num ambiente que desafia a sua capacidade de se manter calmo.

E conte-me como correu!

P.S.: Cada vez mais apaixonada por neurocoaching…

 

 

Partilhar